sábado, 22 de agosto de 2009

The litlle man who wasn't there

Last night I saw upon the stair
A little man who wasn’t there
He wasn’t there again today
Oh, how I wish he’d go away
.

domingo, 9 de agosto de 2009

The Haunting in Connecticut



Estava assistindo a este filme e senti uma vontade enorme de comentar.

Andava um tanto decepcionada com filmes de suspense/terror, os quais não tinham "história". Era sempre a mesma conversa preguiçosa. Fenômenos/atitudes estranhas que aconteciam simplesmente por acontecer. Não haviam porquês que fizessem sentido.

Neste senti algo diferente. (Não que eu esteja vendo ou ouvindo coisas...)

Por mais que não tenha gostado de uma cena ou outra, tudo fez muito sentido pra mim. Não é que este mereça o Oscar, mas acho que um filme para ser bom, não precisa necessariamente ser sinônimo de premiações.

Tá, tudo bem que é baseado em fatos reais, ou seja, as chances de uma coisa mais concreta são maiores. Mas isso também não quer dizer que todo filme baseado em uma história real dará realmente certo.

Achei inteligente o cronograma dos fatos; o modo como a história se revela a quem está assistindo. Com uma boa direção, Peter Cornwell soube usar elementos pontuais para se construir uma narrativa de terror.

O filme me remeteu um pouco (ou muito) a "Horror em Amtyville", mas ele tem lá sua originalidade. Além de atuações convincentes, principalmente no caso de Kyle Gallner (sabe, o garoto dos seriados atuais, aquele com cara de Dracco Malfoy...).

Fikdik aos fãs de "Horror em Amytville" e os filmes que o best seller dos anos 70 rendeu. Aos demais: não tomem tal comentário como uma indicação.

sábado, 8 de agosto de 2009

E quem disse que PAI é quem faz?

Se assim fosse, preferiria nem saber pronunciar tal palavra. Mas é de certo que sei. E como sei!
Sei também da existência da palavra "PÃE".
Sim! Pãe que amamenta, pãe que trabalha, pãe que cuida da casa, pãe que lava, que leva e que traz. Pãe que é dois, que é dez e dez milhões.
Pai e Pãe que possuem uma paciência imensurável há dezessete anos, três meses e oito dias.